Grupo Lazarus ataca bolsa de criptomoedas usando malware no macOS

By: TI Inside Online

Especialistas da Kaspersky Lab e membros da Equipe de Pesquisa e Análise Global (GReAT), descobriram o AppleJeus – uma nova operação maliciosa do implacável grupo Lazarus. Os criminosos invadiram a rede de uma bolsa de criptomoeda na Ásia usando um software de negociação de moedas criptografadas transformado em cavalo de Troia. O objetivo do ataque era roubar criptomoedas das vítimas. Além do malware para Windows, os pesquisadores conseguiram identificar uma versão ainda desconhecida direcionada à plataforma macOS.

Esta foi a primeira vez que os pesquisadores da Kaspersky Lab observaram o famoso grupo Lazarus distribuindo um malware que visa usuários do macOS. Isso é um alerta para todos que usam esse sistema operacional para atividades que envolvem moedas criptografadas. De acordo com a análise dos pesquisadores do GReAT, a invasão da infraestrutura da bolsa de valores começou quando um funcionário da empresa baixou, de forma inocente, um aplicativo de terceiros de um site que parecia ser de um desenvolvedor de software de comercialização de criptomoeda.

O código do aplicativo não levanta suspeitas, exceto por conter um componente de atualização. Em softwares legítimos, esses componentes são usados para baixar novas versões do programa. No caso do AppleJeus, ele atua como um módulo de reconhecimento: primeiro, coleta informações básicas do computador em que foi instalado. Depois, envia essas informações para o servidor de comando e controle e, se os invasores decidirem que vale a pena invadir o computador, o código malicioso retorna na forma de uma atualização de software.

Mais: http://tiinside.com.br/tiinside/home/internet/27/08/2018/grupo-lazarus-ataca-bolsa-de-criptomoedas-usando-malware-no-macos/